Como fazer a manutenção na sua concertina?

 

manutenção da concertina

A concertina é uma das melhores e mais eficientes ferramentas para a segurança residencial. É feito de material resistente, aço galvanizado e com lâminas dilacerantes, que impedem a entrada de qualquer invasor no ambiente. Além disso, a manutenção é mínima e muito simples de realizar.

Existem alguns modelos, como a concertina simples ou a dupla clipada. Tem também a opção de eletrificada ou não. Cada uma tem uma finalidade e benefício diferente, sendo indicada para casos específicos. A manutenção da concertina deve ser feita para garantir a maior durabilidade da sua cerca de proteção.

Veja como a concertina é instalada e aprenda como fazer a manutenção:

 

Como é feita a manutenção da concertina?

Em poucas palavras, não há manutenção para se fazer na concertina. Desde que ela tenha sido instalada por um profissional e com os equipamentos e acessórios adequados. Basicamente, se fizer a instalação da concertina corretamente, não será necessário realizar manutenção.

Caso opte pela concertina eletrificada, será preciso sempre verificar se a parte elétrica está funcionando adequadamente. Além disso, é necessário observar se há vegetação crescendo ou galhos próximo a cerca. Neste caso recomenda-se a poda.

Verifique também se os fios estão frouxos ou se estão cobertas por matéria orgânica. Observe também se estão aterrados de maneira adequada.

Agora, a concertina simples ou a dupla clipada não exige muita manutenção. Basta observar se ela está firme ou se há alguma parte danificada ou frouxa. Esse tipo de sistema de segurança é muito recomendado devido a sua eficiência e os custos com manutenção praticamente nulo.

 

Como é feita a instalação da concertina?

Quando instalada corretamente, dificilmente a concertina lhe trará problemas. Por isso, opte sempre por um bom fornecedor e um profissional para colocá-la. É importante que você não procure por preço, mas sim qualidade.

Lembre-se que uma boa instalação, garante uma boa vida útil para a cerca de concertina. Antes de instalá-la, veja se não há restos de outros materiais, como pontas de ferro, hastes antigas, portões ou outros. Esses elementos enferrujam com bastante facilidade e, podem prejudicar a concertina, mesmo sendo de aço galvanizado.

Mesmo com ferrugem, a concertina continuará sendo eficiente contra invasores. Mas ela ganhará um aspecto antigo e, com o tempo, pode incomodar os proprietários.

A instalação deve ser feita por um profissional qualificado. Primeiro, porque é um material altamente cortante e de alto risco. Segundo, porque uma boa instalação faz total diferença na durabilidade.

A concertina simples e a dupla clipada são diferentes, inclusive na hora da instalação. Cada uma exige uma metodologia e acessórios específicos. Mas, se feitos adequadamente, não terá nenhum problema futuro.

A concertina é feita de aço galvanizado, o que significa que é muito resistente às mudanças climáticas. Porém, o material galvanizado não é recomendado para regiões litorâneas, pois a umidade desses locais podem danificar o material.

Ela é fixada no muro e, não possui risco de de soltar ou cair. Desde que seja muito bem aplicada e utilizando os materiais corretos.

 

Diferença entre concertina simples e dupla clipada

Ambas são bastante eficientes, apesar de utilizações e instalações diferentes. A concertina simples é espiral e, é lembra uma cerca de arame farpado, porém mais moderna, clean e bonita.

O modelo simples é muito usado em locais de baixo risco, como é o caso de muitas residências em determinados bairros, que não possuem tanta incidência de invasões.

Durante a instalação, além do cuidado ao manusear o material, o profissional precisa se atentar a distância que cada volta será fixada. Isso irá garantir um visual mais bonito e direto.

Agora, a concertina dupla clipada é mais indicada para locais com mais risco de invasões. Como o próprio nome sugere, é dupla e em cada volta, ela possui 3 clips de aço. E, é essa característica que difere do tipo simples. O resultado é uma cerca com mais segurança, mas também proporciona um visual mais robusto.

Além desses modelos, há também a concertina eletrificada, que além da proteção das lâminas, é uma cerca elétrica com alarme.

Outros tipos de concertina são:

 

  • Concertina color – é o mesmo modelo acima, mas com cor que combine com sua residência;
  • Concertina flat – adaptada ao tamanho do muro e o espaço que é permitida sua fixação.