Qual o melhor tipo de portão para a sua casa?

 

portão para sua casa

Os portões para garagem são opções funcionais em uma residência, pois garantem a segurança dos moradores e ainda contribuem para a estética da casa. Para que isso aconteça, é muito importante saber como escolher o portão ideal e ficar atento a alguns detalhes que podem contribuir para adquirir um modelo funcional e que atenda as necessidades da sua casa.

Alguns pontos que entram em pauta neste momento são o estilo do imóvel, qual é o grau de manutenção desejado, o tipo de abertura do portão, o espaço disponível e grau de segurança necessário. Se você quer escolher o melhor tipo de portão para a sua casa, continue lendo este artigo!

 

O que considerar na escolha do portão ideal

Se a primeira impressão é a que fica, um portão de qualidade associado a uma cerca de gradil pode fazer uma grande diferença na fachada da sua casa. Sendo assim, é importante levar em conta alguns aspectos que podem facilitar a escolha antes mesmo de chegar à loja.

 

1) Dimensão do portão

Este é o primeiro ponto que precisa ser considerado. Antes de mais nada analise o tipo de veículo utilizado na residência para que não haja problemas após a instalação. O ideal é que ele seja 1,5m mais largo que o carro, assim é possível estacionar com tranquilidade.

 

2) Tipo de abertura do portão

Depois de analisado o tamanho ideal para o seu portão, é a hora de decidir como ele vai abrir. Existem muitas opções no mercado, mas nem sempre a que você acha mais bonita acaba se tornando a mais funcional para a sua residência. De modo geral, é possível escolher alguns tipos de aberturas, sendo elas:

  • Portão com dobradiça: este é o modelo mais simples e tradicional, pois ele se abre como uma porta comum e é possível adaptá-lo a qualquer projeto, pois não precisa de espaços laterais adicionais para ser deslocado.
  • Portão de correr: este modelo é indicado quando há espaço lateral para o deslizamento da folha.
  • Portão basculante: os basculantes normalmente são usados quando há uma área mais restrita para a abertura. Este modelo quase nunca ocupa espaço nas laterais.

 

3) Material do portão

Dentre os materiais mais comuns para a fabricação de portões estão a madeira e o ferro. Porém, nos últimos tempos, existem alguns modelos de portão pivotante que são mistos, ou seja, possuem uma estrutura de aço galvanizado que é revestida com madeira.

O importante é pensar em materiais que sejam duradouros e não precisem de muita manutenção. Salvo raras exceções, seu portão estará sujeito as intempéries climáticas, que podem danificar sua estrutura.

 

Leia Mais:

>> O que é gradil?

>> O que é arame galvanizado e por que ele é mais resistente?

 

4) Necessidade de manutenção

A manutenção também é um fator importante e precisa ser observado conforme o estilo do portão escolhido. Leve em consideração a durabilidade do material escolhido e os custos para realizar as manutenções necessárias para que ele continue permitindo a segurança da sua residência.

No caso dos portões de ferro, é necessário tomar cuidado com a ferrugem e realizar manutenções periódicas para restaurar a pintura e eliminar algum ponto de ferrugem que possa ter surgido. O mesmo acontece com os portões de madeira, que exigem lixamento e aplicação de verniz com certa frequência.

Normalmente, o intervalo entre as manutenções deve ser de 6 meses. Para aumentar a vida útil do portão, é recomendado aplicar lubrificante nos rolamentos.